LXP: Entenda o que é e quais as vantagens

Entenda tudo o que você precisa saber sobre LXP, a importância para a sua empresa e porque esse conceito está alinhado com o mercado atual.

Beatriz Medeiros
Updated on

O termo “LXP” significa “Learning Experience Platform”, ou em tradução literal, plataforma de experiência de aprendizagem. Consiste em um espaço no qual os usuários podem compartilhar, desenvolver e gerenciar conteúdos de aprendizado.

A lacuna de habilidades (ou “Skills Gap”) é um problema que cada vez mais vem preocupando CEOs do mundo todo. Para solucionar essas questões, algumas tecnologias surgem a fim de proporcionar estratégias para a qualificação de profissionais, entre elas o LXP.

Seja pela escassez de candidatos especializados ou pela constante necessidade de construção de novas habilidades, se você faz parte de alguma organização, você deve saber que ter um sistema que facilita a qualificação dos seus colaboradores faz toda a diferença no desenvolvimento da sua empresa como um todo. 

Pensando nisso, reunimos neste post tudo o que você precisa saber sobre o LXP, além de formas de como aplicar essa ferramenta de forma eficaz no seu time.

Neste artigo você vai ver:

  • O que é o LXP?
  • A evolução no mundo do trabalho
  • Qual a diferença entre LXP e LMS?
  • Quais as vantagens do LXP?
  • Como a Plooral te ajuda?

O que é o LXP?

Em tradução literal, o LXP significa “Plataforma de Experiência de Aprendizagem” e consiste em uma plataforma que otimiza a experiência dos usuários nos processos de aprendizado. 

O LXP permite que, por exemplo, as lideranças tracem trilhas de aprendizagem para conteúdos que são essenciais para o desenvolvimento dos seus colaboradores e, ao mesmo tempo, traz autonomia para os profissionais para que eles consumam os conteúdos que estão alinhados com as suas carreiras.

A partir dessa solução, empresas e colaboradores conseguem criar um ecossistema colaborativo, que permite o direcionamento e o compartilhamento de diversos conteúdos voltados para a qualificação profissional.

Com tamanha praticidade e autonomia, as possibilidades de aprendizagem são inúmeras e podem estar em diversos formatos, como:

  • Livros digitais
  • Artigos
  • Podcasts
  • Lives e Webinars
  • Infográficos
  • Blogs
  • Vídeos
  • Materiais
  • Entre outros.

A evolução no mundo do trabalho

A lacuna de habilidades (Skills Gap) tem sido um termo bastante frequente nas principais conversas entre líderes de grandes empresas ao redor do mundo. Isso porque, o que se percebe é que cada vez mais há um aumento na velocidade da forma como as necessidades de habilidades das empresas estão mudando.

Segundo uma pesquisa realizada pela Gartner, cerca de 33% das habilidades buscadas há 3 anos não são mais pertinentes para a realidade do mercado atual. Por outro lado, segundo o relatório realizado pela IFTF (Institute for the Future), “Projetando 2030: uma visão dividida do futuro”, para a Dell, cerca de 85% das habilidades relevantes para 2030 ainda não foram criadas.

Ou seja, há uma mudança constante nos interesses das empresas em habilidades e, devido a essa velocidade, a educação tradicional não consegue mais dar conta desse processo. É aí que entra em jogo a necessidade de formar profissionais lifelong learners – ou seja, pessoas que nunca param de aprender – e de desenvolver colaboradores cada vez mais especializados e qualificados.

Conheça o Eduployment

Ainda pouco conhecido ao redor do mundo, o Eduployment é um conceito que vem para revolucionar a questão da lacuna de habilidades. Ele tem como foco a qualificação efetiva de profissionais, desde o início até a mudança de carreira.

O Eduployment tem como principais pilares: o foco da aprendizagem com o objetivo de carreira, o alinhamento e a transperência com o mercado de trabalho, além do incentivo em skateholders.

Qual é a diferença entre LXP e LMS?

Quando se trata de plataformas de aprendizagem, outro conceito vem à tona: o LMS. Para escolher qual das duas opções pode te ajudar melhor no treinamento e desenvolvimento de colaboradores, é fundamental que você entenda as diferenças entre as duas.

No caso do LMS, a plataforma funciona apenas como um agregador de conteúdos, no qual apenas os gestores controlam a ferramenta. Possuindo assim, um mecanismo com o perfil um pouco mais ultrapassado frente às necessidades do mercado atual.

Já o LXP, funciona como uma curadoria de conteúdos. Um ecossistema no qual há a possibilidade de criação de trilhas de aprendizados obrigatórios – definidas pelos gestores – mas também há a possibilidade de compartilhamento e busca por conteúdos pelos profissionais. Ou seja, no LXP, todos podem contribuir para o aprendizado e a experiência se torna muito mais rápida e efetiva.

Quais os benefícios do LXP?

O LXP tem como objetivo reunir uma série de soluções que permitam que o aprendizado ocorra de forma efetiva, rápida e de qualquer lugar – se ajustando, assim, à rotina e aos objetivos de cada profissional. 

Tendo como foco a aprendizagem ativa, a interação entre os usuários e a praticidade durante a experiência. Confira logo abaixo alguns dos benefícios do LXP para a sua empresa.

  • Interação entre os colaboradores
  • Aprendizado colaborativo
  • Implementação do Lifelong Learning
  • Aprendizagem rápida e efetiva
  • Solução personalizada
  • Participação de todo o time

Se interessou pelo assunto? A Plooral é uma plataforma que ajuda empresas e colaboradores a fecharem o “gap de habilidades”. Agende uma conversa conosco!

Siga a Plooral nas redes sociais – FacebookLinkedIn e Instagram – para acessar mais conteúdos.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *