Blog

Onboarding: O que é e como tornar mais eficaz?

Carolina Farah
Updated on

O Onboarding – ou, em inglês “embarcando” – é a etapa em que o candidato, após a contratação, passa a ser apresentado aos colegas e às funções que irá exercer. 

É o momento de propor o acolhimento e a integração desse novo profissional dentro da empresa.

capa do blog sobre onboarding

Você deve saber que tão importante quanto recrutar um ótimo candidato é manter esse profissional dentro da sua empresa – e o primeiro passo para isso é um bom Onboarding.

Quando o assunto é aumento da taxa de rotatividade – ou, turnover – um dos principais motivos apontados pelos entrevistados é a ausência de um alinhamento sobre as expectativas da empresa e do novo colaborador

Para evitar que esses ruídos aconteçam, a melhor solução é um bom planejamento do processo de Onboarding, pensado tanto na integração quanto no treinamento do profissional. Não sabe por onde começar? Continue lendo e saiba tudo o que é preciso para a construção de um Onboarding eficiente. 

Saiba quais são os tópicos deste artigo:

  • O que é o Onboarding?
  • Qual é a importância do Onboarding?
  • Como fazer um Onboarding eficaz?

O que é o Onboarding?

O Onboarding é a etapa após a contratação na qual o gestor propõe um processo de integração, treinamento e apresentação da empresa para o novo integrante do time. 

É uma etapa fundamental para a trajetória desse colaborador, porque permite que ele entre em contato direto com a missão, os valores e os objetivos da sua organização.

É também durante esse primeiro momento que o colaborador tem os primeiros contatos com os outros colegas. Por isso, é fundamental que haja um clima acolhedor, fazendo com que o colaborador se sinta parte da empresa desde o início.

Além disso, o Onboarding é também o momento ideal para os primeiros treinamentos.  Dessa forma, o colaborador conhece se qualificar para a nova função e ficar por dentro de todas as suas atividades e responsabilidades.

Qual é a importância do Onboarding?

O Onboarding é uma etapa decisiva para uma trajetória de sucesso desse colaborador dentro da empresa. Após o período de contratação, é preciso que o profissional esteja completamente integrado – e é durante o Onboarding que isso acontece.

Essa etapa permite que o colaborador já inicie na empresa em um bom clima organizacional e alinhado com as responsabilidades que envolvem suas funções. Esse processo traz diversos benefícios, tanto para o colaborador quanto para a empresa. Conheça alguns deles logo abaixo:

  1. Alinhamento desde o primeiro momento

Ter esse contato desde os períodos iniciais permite que o colaborador já inicie na empresa alinhado à sua visão e ao seu propósito. Isso confirma o Fit Cultural entre a sua empresa e o profissional, além de expor para o novo colaborador quais são regras e o dia-a-dia do time.

  1. Melhoria do clima organizacional

O Onboarding propõe também a integração desse novo colaborador com os outros colegas. Assim, desde o primeiro contato ele já se encontra familiarizado com o time e em contato com outros colaboradores que serão importantes no seu cotidiano.

  1. Maior produtividade

Essa etapa também é um momento de qualificar e treinar esse profissional. Quando o colaborador já inicia tendo contato com as metas e responsabilidades, as chances dele atrair os melhores resultados é ainda maior.

  1. Retenção de colaboradores

Uma boa recepção, com todos os direcionamentos necessários, faz toda a diferença para a trajetória do colaborador. Quando ocorre essa integração, o profissional se sente mais motivado não só para atingir as suas metas, como também para permanecer dentro da empresa.

Como fazer um Onboarding eficaz?

O primeiro passo para um Onboarding eficaz é o planejamento. Reunimos logo abaixo 5 dicas de como você pode montar o seu:

  1. Construa uma trajetória de Onboarding

É fundamental que o seu Onboarding siga por um caminho que faça sentido. Personalize as etapas de acordo com o cargo, envolva as pessoas certas nas apresentações e distribua bem os horários em uma ordem e duração correta.

  1. Inicie já no primeiro dia

As primeiras impressões sobre a empresa são as que ficam. É normal que, logo quando o profissional chega na empresa, ele fique ansioso para entender como tudo funciona. 

Por isso, é fundamental que, desde o primeiro dia, o colaborador tenha um direcionamento e acompanhamento que o faça se sentir parte de toda a dinâmica do grupo.

  1. Apresente todos os setores

Por mais que ele faça parte de um setor específico, o colaborador deve estar sempre em contato com toda empresa – seja para fazer validações, trocar insights, ou simplesmente para uma boa convivência. 

Dessa forma, é fundamental que nesse primeiro momento o profissional tenha alinhamentos e apresentações com todos os outros colaboradores para que essa familiarização ocorra desde o início.

  1. Mostre o futuro da empresa

Lembre-se que esse novo colaborador vai ser uma das peças para a construção do futuro de toda empresa. Por isso, é essencial que ele esteja alinhado com o futuro e as metas da organização. Mostre para ele os próximos passos, quais são os objetivos e onde a sua organização deseja chegar a longo e médio prazo.

  1. Qualifique de forma assertiva

Um dos fatores fundamentais para um bom desenvolvimento do colaborador é a qualificação. E por que não começar desde o primeiro momento?

Trace trilhas de aprendizagem que estejam alinhadas às atividades e aos objetivos do profissional. Além de aumentar a produtividade, vai fazer com que ele esteja mais familiarizado com as suas funções e mais apto para começar a realizar as atividades.

Com a Plooral você consegue qualificar colaboradores desde o primeiro dia. Cadastre-se agora mesmo.