Blog

Plano de Carreira: O que é e qual a importância

Oferecer um bom plano de carreiras é fundamental para a atração de candidatos. Continue lendo para saber como montar um!

Carolina Farah
Updated on

O Plano de Carreira é a estruturação da trajetória de carreira do profissional dentro de uma organização. É o direcionamento das etapas que o colaborador deve percorrer para conseguir alcançar os seus objetivos profissionais.

capa do blog sobre plano de carreira

Não é novidade que as prioridades dos profissionais no mercado de trabalho já mudaram há algum tempo. Diferente do que era há anos atrás, o salário não é mais o principal fator na hora de aceitar uma oferta de emprego – e as empresas devem estar atentas para isso na hora de atrair os melhores talentos.

Segundo uma pesquisa realizada pela Page Personnel, cerca de 52% dos colaboradores consideram a progressão de carreira o ponto mais importante na hora de escolher um emprego.

Há algum tempo isso vem se tornando uma realidade do mercado. A nova geração de colaboradores busca por espaços que promovam o desenvolvimento de carreira, não apenas o oferecimento de um bom salário. 

Sendo assim, a corrida pela atração dos melhores candidatos, definitivamente, está ligada com o plano de carreira que a sua empresa pode propor.

Quer saber mais sobre o Plano de Carreira? Continue lendo e saiba tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Boa leitura.

Saiba os assuntos que você vai ficar por dentro com esse artigo:

  • O que é o Plano de Carreira?
  • Qual o impacto?
  • Como montar um Plano de Carreira?

O que é o Plano de Carreira?

O Plano de Carreira é a estruturação de um caminho que o colaborador deve percorrer para obter um crescimento de carreira dentro de uma organização. Ou seja, as habilidades que o profissional deve construir a fim de chegar em determinada posição.

Nesse plano, estarão todas ações necessárias para esse crescimento. Tais como habilidades, competências, resultados e experiência necessários para alcançar determinada posição.

É ideal que o plano entenda quais são os reais objetivos do colaborador. Afinal, é importante que isso esteja claro a fim de traçar metas mais alinhadas aos interesses tanto do colaborador, quanto da empresa. 

Dessa forma, é importante que esteja nesse plano também informações importantes para o profissional, como meta salarial, posições buscadas na empresa e benefícios desejados.

Qual é o impacto?

O Plano de Carreira é uma forma de alinhar as expectativas entre colaboradores e empresa, mas além disso, é uma ótima oportunidade de fortalecer a sua marca empregadora.

Isso porque, além de um salário atrativo, a empresa precisa oferecer qualificação para que o colaborador possa se desenvolver profissionalmente. Conheça alguns dos benefícios de montar um plano de carreira:

  1. Redução da taxa de turnover

O Plano de Carreira de carreira ajuda a reduzir a sua taxa de rotatividade, afinal, com um planejamento que mostra para o colaborador quais etapas ele precisa passar para atingir os seus objetivos de carreira, fica mais fácil evitar ruídos na comunicação e frustrações. 

  1. Maior produtividade de colaboradores

É fato que o time trabalha muito melhor com metas definidas. Quando o colaborador tem acesso à exatamente o que ele precisa fazer para atingir os seus objetivos, ele fica mais motivado e, consequentemente, a sua produtividade aumenta, trazendo maiores resultados e de forma mais rápida.

  1. Recrutamento transparente

Uma das maiores queixas dos candidatos durante os processos de R&S é a ausência de transparência das empresas durante os processos seletivos. Com um plano de carreira definido desde os primeiros momentos no time, o colaborador consegue visualizar, de forma clara, o que pode ser oferecido pela organização.

  1. Atração de candidatos 

O tempo entre a abertura de uma vaga e a contratação do profissional pode levar até 4 meses. Esse tempo vai depender da estratégias que o recrutador vai aplicar na hora de recrutar – com os atrativos certos esse tempo pode diminuir e chegar a até 15 dias.

Uma das coisas que mais atraem os candidatos hoje em dia são as possibilidades de crescimento de carreira que uma empresa oferece. Com um Plano de Carreira, você consegue oferecer para o candidato uma visão de desenvolvimento profissional, o que o incentiva a escolher fazer parte da sua empresa.

Como montar um Plano de Carreira?

Para que o seu Plano de Carreira te ajude a atrair, contratar e reter profissionais é fundamental que ele seja bem planejado. Reunimos logo abaixo 5 dicas que podem te ajudar a montar o Plano de Carreira perfeito:

  1. Entenda os objetivos do colaborador

O primeiro passo para a criação de um bom plano de carreira é o alinhamento com o colaborador. É fundamental que você alinhe junto com ele quais são os objetivos dele e de que forma eles podem estar alinhados com as metas da empresa.

Para isso, converse com cada colaborador para entender quais cargos ele pretende ocupar e quais competências precisam ser alcançadas para que isso aconteça.

  1. Trace o perfil do profissional

O próximo passo é entender o perfil do seu colaborador. Ou seja, se ele tem um perfil de liderança, análise, investigativo, etc. Assim, você consegue, junto com o profissional, quais caminhos de carreira são mais indicados para ele seguir.

Além disso, você deve observar quais são os pontos fortes e fracos desse profissional. Dessa forma, você consegue entender quais competências podem ser potencializadas e quais ainda precisam ser adquiridas.

  1. Defina metas

Definir metas é fundamental para o bom andamento de um Plano de Carreira. Com base nas suas análises, desenvolva metas a curto, médio e longo prazo a fim de oferecer o melhor direcionamento para esse profissional.

Essa definição oferece para o colaborador uma trajetória que deve ser seguida por ele, com os direcionamentos de cada etapa para o alcance dos seus objetivos. Desse modo, fica mais fácil para ele entender quais ações precisam ser realizadas.

Nessa etapa é possível que o gestor estipule também prazos para a realização das metas. Assim, o colaborador consegue basear o tempo necessário para a finalização de suas ações.

Mas é claro que essa etapa deve ser realizada em conjunto. Ou seja, colaborador e gestor devem estar alinhados para entender quais são os objetivos, as metas e em qual período de tempo é possível que isso seja atingido. 

  1. Agende alinhamentos durante o processo

Para um Plano de Carreiras ter assertivo, o colaborador precisa ser acompanhado pelo gestor durante toda a trajetória, não apenas durante o planejamento. Afinal, feedbacks e orientações são fundamentais para ele entender se está indo no caminho certo.

Uma boa estratégia é a de agendar alinhamentos periódicos – quinzenais, por exemplo – para avaliar e fazer pontuações sobre o desempenho desse profissional. O gestor deve estar atento a cada especificação para oferecer um feedback estruturado, que possa ajudar no desenvolvimento.

Esses alinhamentos possibilitam a revisão de metas e ações, e possibilitam o ajuste do Plano de Carreira – que pode ir se modificando ao longo do tempo. Além disso, essas avaliações ajudam a incentivar o colaborador e dão um direcionamento para que ele entenda se está indo no caminho certo.

  1. Ofereça qualificação

Mas de nada adianta esse planejamento se o seu candidato não possui recursos para qualificação, não é mesmo? Oferecer para o seu colaborador uma rotina de treinamentos e desenvolvimento é fundamental para que o Plano de Carreiras tenha sucesso. 

Essa qualificação pode acontecer por meio de diversas formas, como cursos, webinars, materiais, treinamentos, etc. Para tornar essa rotina mais prática e rápida, uma ferramenta de Eduployment pode te ajudar no processo.


Conheça a Plooral e comece hoje mesmo a transformar o seu processo de recrutamento e seleção.